Uncategorized

6 coisas boas para comer na Páscoa

seasonendersale

Adoro comer. Talvez seja um dos meus maiores pecados, o da gula, mas reservo-o para momentos especiais, pois durante o resto do ano tento ao máximo manter uma alimentação equilibrada.

A Páscoa é uma época de celebração do renascimento e a mesa é o centro onde tudo acontece na maior parte das famílias. Algumas iguarias são especiais desta época, e estas são as minhas preferidas.

Chocolate

Faço, habitualmente, um jejum de chocolate durante a Quaresma, pois, mais do que a carne, é um alimento ao qual não resisto. É algo que me custa muito, mas faço-o com alegria. No domingo de Páscoa, o chocolate é o primeiro ingrediente a fazer parte do meu almoço de Páscoa. 70% de cacau (ou mais), sempre, e sem adição de açúcar.

Folar

Há-os de todas a formas e feitios. Tenho a sorte de ter mães de alunos que são umas verdadeiras mestres na arte de confeccionar doces típicos, pelo que nestas alturas compro sempre um folar para marcar a época. É pouco doce, mas sabe tão bem.

Regueifa

Típico de terras do norte, a regueifa que eu prefiro é a não doce, tipo pão. No entanto, cá abaixo só chegam as versões doces, pelo que tenho que me contentar com essas. Quando tenho colegas do norte, encomendo sempre uma regueira simples e como-a toda em dois dias. 🙂 Good times.

Amêndoas

Quando era miúda, lembro-me de comer umas “amêndoas” que não levavam amêndoa, eram só de açúcar, e vendiam-se apenas numa loja. Eram caríssimas. E docíssimas. Agora, prefiro-as, simples, torradas, ou então com cobertura de chocolate negro.

Pão de Deus

Como não posso experimentar a versão americana dos Hot Cross Buns (e não me apetece fazê-los em casa), contento-me com um Pão de Deus (na minha zona chamam-lhe arrufada). É um pão doce com um pouco de côco em cima e que sabe tão, tão bem.

Farturas, Churros e Malaquecos

Esta categoria três em um marca a minha Páscoa, pois é a única altura do ano em que eu me aventuro a comer um churro ou uma fartura. Muita farinha, muita gordura, muito frito,… tudo o que faz mal, mas a canela e o açúcar que colocam por cima dá-lhes um sabor irresistível. Só como um. Prometo.

 

Uncategorized

As tardes de domingo

domingosà tarde

As tardes de domingo podem ser a melhor coisa do mundo ou aquele momento que mais tememos.

Estudos confirmam que o domingo à tarde é a altura da semana em que há mais problemas cardíacos, em que as pessoas ficam mais tristes e deprimidas e em que há mais discussões entre os casais, não por ser domingo, mas porque é véspera de segunda-feira, o primeiro dia de trabalho da semana. Assim, o domingo é bom, porque podemos descansar, mas é menos bom porque no dia seguinte temos que regressar ao trabalho.

Há quem aproveite a tarde de domingo para ir ver um jogo de futebol ao campo da sua localidade, outros preferem dormir uma boa sesta (por vezes a tarde toda!) e outros, ainda, optam por se deitar no sofá a ver as séries ou filmes que estão a passar na televisão. Seja qual for a opção, o importante é que nos faça sentir bem.

Aqui estão dez sugestões para o seu domingo à tarde:

  1. ver um bom filme (no sofá ou no cinema)

  2. dar um passeio pelo campo

  3. ir visitar um lar de idosos

  4. ver um jogo de futebol, de basquetebol, uma corrida,…

  5. participar num evento desportivo

  6. ler um livro completo

  7. ver uma temporada completa de uma série nova

  8. organizar um lanche com amigos

  9. passear com os cães de um amigo ou de um vizinho

  10. arrumar um armário ou uma gaveta que há muito tempo a incomoda